Os desafios da logística

Os desafios da logística

Os desafios da logística

A logística desempenha um papel importante nos processos da cadeia produtiva. Facilmente associada a questões relacionadas ao transporte, a logística é uma área de gestão mais complexa. Envolve toda a cadeia de suprimentos, o que inclui planejamento de armazenagem, circulação e distribuição de produtos. E, dada a nova realidade empresarial imposta principalmente pelo comércio internacional, os processos logísticos estão cada vez mais complexos e estratégicos. Um cenário que exige planejamentos primoroso, desenvolvidos a partir das necessidades de cada cliente, e bases de alta tecnologia aliadas à mão de obra especializada.\r\n\r\nUm plano logístico bem estruturado e desenvolvido de forma eficiente em todas as suas etapas é capaz de solucionar problemas de armazenagem, transporte, distribuição, localização, disponibilidade de meios e até mesmo questões fiscais.\r\n\r\nAspectos como agilidade no deslocamento, riscos de perdas durante o transporte, segurança e desgaste da frota, por exemplo, devem ser considerados para determinar na prática as melhores alternativas.\r\n\r\nListamos cinco desafios em logística enfrentados por gestores:\r\n\r\nTransporte e distribuição \r\nNão importa o tipo de transporte, lidar com essa questão não exige apenas dedicação da empresa. Como a construção e a operação de portos, aeroportos e rodovias dependem basicamente dos governos e seus concessionários, os fornecedores precisam saber se adaptar a esse cenário. Cabe a eles tentar extrair o máximo de eficiência de seus processos, mesmo quando a infraestrutura é inadequada. Como o meio de transporte no Brasil é essencialmente rodoviário, e somos um País de grande dimensão, é fundamental uma gestão de transportes eficiente, que leve em conta todos os contratempos encontrados nas estradas.\r\n\r\nInvestimento em tecnologia da informação \r\nPara gerenciar a logística, é fundamental contar com softwares de gestão que ajudam a controlar por exemplo, estoque, entregas, controle da jornada do motorista entre outros. Assim como é possível também identificar custos invisíveis, que quando detectados geram uma redução significativa na sua gestão. A utilização dessa tecnologia é primordial, já que dificilmente as operações poderão ser controladas apenas na “ponta do lápis” ou com softwares mais simples, como planilhas.\r\n\r\nColaboradores capacitados \r\nAinda existem poucos profissionais especializados em logística no País. O colaborador capacitado possui noções de economia, infraestrutura, transporte, armazenagem e distribuição. Uma opção é o próprio dono do negócio se capacitar. É fundamental que alguém, mesmo sem conhecimentos técnicos apurados, seja a responsável por cuidar da logística do negócio.\r\n\r\nControle do estoque \r\nMaterial em estoque é dinheiro parado. Dessa forma, tenha na empresa o menor estoque possível. Para isso, é preciso ter bem calculado qual é a demanda para que a compra seja o mais próximo da venda. Softwares auxiliam e muito este ponto, assim como funcionários experientes no ramo.\r\n\r\nMeio ambiente \r\nHoje, uma empresa tem de se preocupar também com o descarte dos seus produtos. De acordo com a da lei nº 12.305, sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos, as empresas produtoras de materiais que podem ser reciclados são responsáveis pelo destino final desses componentes. Fica mais evidente ainda que a cadeia produtiva envolve desde o nascimento até a morte de um produto. Por isso, as empresas têm que estar prontas para lidar com mais essa questão e pensar em como será o descarte dos seus produtos.\r\n\r\nO setor logístico vive um momento de oportunidades e lucros, mas igualmente de grandes desafios e será preciso qualificação para superá-los.\r\n\r\nFonte: Veltec